Pearl Jam misterioso

 

 

A lista de semanal de novidades do Spotify me avisa que o Pearl Jam lançou um novo single digital. Leio e vejo que é “Angel”. Penso: ora, não é uma canção nova. Vou checar a memória – que está piorando com o tempo – e vejo que estou certo.

 

“Angel” é uma baladinha voz/violão de 1993. Foi lançada como single especial do Ten Club, o fã clube dedicadíssimo da banda e só foi tocada seis vezes em todos os tempos. Pense que o PJ é um grupo que adora estar excursionando pelo mundo, logo, uma canção só ter aparecido em SEIS SETLISTS ao longo de todos os tempos, é algo significativo. Vedder, Gossard e seus amigos não se metem a fazer essas coisas à toa.

 

E “Angel” está naquele hall de músicas controversas. Ficou de fora da compilação de lados-B “Lost Dogs”, mas foi tirada em cima da hora. Ou seja, como diria o outro, “aí tem”. Se a banda solta a música no Spotify, com a arte visual do single de 1993, algo vem por aí. Bem, pra não falar que o PJ está só tramando um possível novo disco para 2020, os caras lançaram um EP com canções natalinas, aquela tradição de americano pra americano, da qual preferimos ficar de fora.

 

Vamos aguardar.

 

1+

CEL

Carlos Eduardo Lima (CEL) é doutorando em História Social, jornalista especializado em cultura pop e editor-chefe da Célula Pop. Como crítico musical há mais de 20 anos, já trabalhou para o site Monkeybuzz e as revistas Rolling Stone Brasil e Rock Press. Acha que o mundo acabou no início dos anos 90, mas agora sabe que poucos e bons notaram. Ainda acredita que cacetadas da vida são essenciais para a produção da arte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *