Neil Young lançará o lendário álbum “Homegrown”

 

 

Neil Young atravessa um momento de entressafra criativa que já dura muito mais do que desejaríamos. Em contrapartida, ele vem remexendo em seus arquivos e dando luz a discos que, por motivos diversos, ele gravou e nunca lançou. Este é o caso de “Homegrown”, que ele gravou entre julho de 1974 e janeiro de 1975 e engavetou. Assim também foi o caso de “Hitchiker”, que ele registrou em 1976 e só lançou em 2017. Para antecipar a chegada tão esperada do álbum, ele soltou um single, “Try”.

 

A data de lançamento foi marcada para 19 de junho. “Try” é música que chegou a fazer parte de alguns shows no passado e tem a participação de Emmylou Harris. A versão em estúdio só estava disponível nos Neil Young Archives mas já chegou ao Spotify. O próprio Neil Young declarou sobre o álbum:

 

“Este é o lado triste de um caso de amor. O mal feito. A dor do coração. Não suportava ouvi-lo. Queria seguir em frente.”

 

“Homegrown” é composto por doze músicas, das quais sete são totalmente inéditas em disco – “Separate Ways”, “Try”, “Mexico”, “Kansas” “We Don’t Smoke It No More”, “Vacancy” e “Florida” (uma narrativa declamada). Também incluídas estão as primeiras gravações de “Homegrown” e “White Line”. “Little Wing”, “Love Is A Rose” e “Star Of Bethlehem” – diferentes das versões que apareceram mais tarde em outros álbuns de Neil Young.

 

0

CEL

Carlos Eduardo Lima (CEL) é doutorando em História Social, jornalista especializado em cultura pop e editor-chefe da Célula Pop. Como crítico musical há mais de 20 anos, já trabalhou para o site Monkeybuzz e as revistas Rolling Stone Brasil e Rock Press. Acha que o mundo acabou no início dos anos 90, mas agora sabe que poucos e bons notaram. Ainda acredita que cacetadas da vida são essenciais para a produção da arte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *