Liga da Justiça com 3h30min? Quem pediu?

 

 

Sim, você não pediu, muito menos eu, mas é o que vai acontecer. É o chamado “Snyder Cut” de “Liga da Justiça”, que está programado para ser lançado em alguns meses. O próprio diretor está supervisionando o novo corte, enchendo de conteúdo que ficou de fora do lançamento de 2017, quando o filme chegou aos cinemas e, bem, foi lamentável.

 

Snyder, que deixou o longa em 2016, por conta da morte da filha, teve seu projeto meio que engavetado pela presença de Joss Wheldon, que o substituiu nas filmagens. Desde então, fãs ferrenhos vêm se mobilizando pelo lançamento deste primeiro corte de Snyder, que foi, veja só, cortado por Wheldon.

 

Seria legal se estivéssemos falando de filmes bons, certo? Mas o fato é que “Liga da Justiça” e o imperdoável “Batman Vs. Superman” se enquadram entre as mais lamentáveis adaptações de heróis para o cinema. Snyder, que segue a escola Michael Bay/Roland Emmerich de explosões e exageros, simplesmente arruinou qualquer possibilidade de alguém se interessar por estes dois longas, mesmo que eles fossem aguardadíssimos pelos fãs de Batman e Superman, para não mencionar dos outros integrantes da Liga. De todas as adaptações da DC Comics para o cinema, talvez as que Snyder este à frente do projeto se constituíram nas piores.

 

Mesmo assim, “Liga da Justiça” abiscoito certa de 650 milhões de dólares de bilheteria em 2017.

 

O “Snyder Cut” será lançado em 2021, a princípio no HBO Max.

 

 

1+

CEL

Carlos Eduardo Lima (CEL) é doutorando em História Social, jornalista especializado em cultura pop e editor-chefe da Célula Pop. Como crítico musical há mais de 20 anos, já trabalhou para o site Monkeybuzz e as revistas Rolling Stone Brasil e Rock Press. Acha que o mundo acabou no início dos anos 90, mas agora sabe que poucos e bons notaram. Ainda acredita que cacetadas da vida são essenciais para a produção da arte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *