Artistas se engajam no Black Lives Matter

 

Lorde, Hayley Williams, Green Day, Chuck D, Tom Morello, Kacey Musgraves, Mandy Moore, Simple Plan, Fiona Apple, Ariana Grande, Halsey, entre vários outros cantores, cantoras e bandas estão engajados nos protestos contra os assassinatos de negros nos Estados Unidos. A morte de George Floyd pela polícia de Minneapolis foi a chamada “gota d’água” para uma nova onda de reação das populações negras nos Estados Unidos contra a violência racial. Tristemente tais movimentações após uma tragédia envolvendo a morte de negros é uma constante na sociedade americana, marcadamente racista.

 

Entre os artistas que estão alinhados com o movimento Black Lives Matter, está o grupo inglês “virtual” Gorillaz, que divulgou postagem em sua conta no Instagram, com direito a imagem dos personagens 2-D e Russell vestidos a caráter. Junto com a ilustração, veio a seguinte nota:

 

Gorillaz está enfurecido por conta da morte de George Floyd e de vários outros antes dele pelas mãos do racismo sistêmico e da brutalidade policial. É hora de fazer parte de uma mudança de atitude e de fazer parte da luta por justiça e igualdade.

Supremacia branca precisa acabar.

Vidas negras importam.

Ouça. Aprenda. Faça parte.

 

 

Fiona Apple divulgou vídeo em que aparece num dos protestos do BLM

 

 

Aqui no Brasil, artistas também estão engajados nos protestos contra o racismo. A cantora Teresa Cristina e Gilberto Gil divulgaram vídeos e postagens sobre o assunto. O venerável cantor e compositor baiano postou um vídeo em que canta “Haití” ao lado de sua filha, Nara.

 

0

CEL

Carlos Eduardo Lima (CEL) é doutorando em História Social, jornalista especializado em cultura pop e editor-chefe da Célula Pop. Como crítico musical há mais de 20 anos, já trabalhou para o site Monkeybuzz e as revistas Rolling Stone Brasil e Rock Press. Acha que o mundo acabou no início dos anos 90, mas agora sabe que poucos e bons notaram. Ainda acredita que cacetadas da vida são essenciais para a produção da arte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *