Francis Hime recebe Chico Buarque em estúdio

 

Atualmente em estúdio, preparando o álbum que celebra os seus 80 anos – a serem completados dia 31 de agosto – Francis Hime está gravando parcerias inéditas com Adriana Calcanhotto, Bráulio Pedroso, Geraldo Carneiro, Hermínio Bello de Carvalho, Olivia Hime e Paulo César Pinheiro, entre outros compositores.

O projeto, com previsão de lançamento para outubro, terá ainda participações especialíssimas. A primeira delas retoma a colaboração de Francis Hime com Chico Buarque, que começou em 1973, quando Francis lançou “Atrás da porta”, primeira parceria dos dois, em seu primeiro álbum individual. No mesmo ano, Francis assinou a direção musical da segunda montagem da peça “Gota d’água”, de Paulo Pontes e Chico Buarque.

De lá para cá, Francis Hime e Chico Buarque compuseram algumas das mais belas canções da música brasileira, clássicos como “A noiva da cidade”, “Meu caro amigo”, “Passaredo”, “Embarcação”, “Pivete”, “Trocando em Miúdos” e “Vai Passar”, entre outras.

A convite de Francis, Chico Buarque acaba de gravar os vocais da inédita “Laura”, composta por Francis e Olivia Hime em homenagem à neta mais nova do casal.

O novo álbum chega depois de “Navega Ilumina”, lançado em 2014, último de inéditas de Francis Hime em seus mais de 50 anos de carreira. Em 2018, o compositor, arranjador e regente recebeu sua primeira indicação ao Prêmio Jabuti de literatura, na categoria Artes, pelo livro “Trocando em Miúdos – as minhas canções”.

0

CEL

Carlos Eduardo Lima (CEL) é doutorando em História Social, jornalista especializado em cultura pop e editor-chefe da Célula Pop. Como crítico musical há mais de 20 anos, já trabalhou para o site Monkeybuzz e as revistas Rolling Stone Brasil e Rock Press. Acha que o mundo acabou no início dos anos 90, mas agora sabe que poucos e bons notaram. Ainda acredita que cacetadas da vida são essenciais para a produção da arte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *