Rutger Hauer (1944-2019)

 

Morreu o ator holandês Rutger Hauer, aos 75 anos. Com uma carreira vitoriosa nos anos 1980, Hauer ficou marcado na memória como o replicante Roy Batty, em “Blade Runner”, de 1982, no qual viveu o antagonista de Rick Deckard, interpretado por Harrison Ford.

Outros papeis marcantes na carreira do ator foram como o assassino psicopata de “A Morte Pede Carona” (sensacional filme que sumiu das vistas de todos) e o cavaleiro Etienne de Navarre, em “Ladyhawke – O Feitiço de Áquila”, contracenando com Michelle Pfeiffer e Matthew Broderick.

 

Na década de 1990, Hauer teve um papel sensacional, pelo qual é pouco lembrado: o capitão da SS em “A Nação do Medo”, longa inspirado em “O Homem do Castelo Alto”, que se transformou em série recentemente. Um de seus papéis mais recentes foi em “Valerian”.

 

A causa da morte foi denominada como “uma curta doença” por seu agente.

 

Talvez a fala mais marcante de Hauer seja o que diz em Blade Runner:

 

“Eu vi coisas que vocês, humanos, não acreditariam. Naves de ataque em chamas nas bordas de Orion, raios laser brilhando na escuridão próximo a Tannhäuser Gate…Este momentos vão se perder no tempo, como lágrimas na chuva. Hora de morrer”.

 

1+

CEL

Carlos Eduardo Lima (CEL) é doutorando em História Social, jornalista especializado em cultura pop e editor-chefe da Célula Pop. Como crítico musical há mais de 20 anos, já trabalhou para o site Monkeybuzz e as revistas Rolling Stone Brasil e Rock Press. Acha que o mundo acabou no início dos anos 90, mas agora sabe que poucos e bons notaram. Ainda acredita que cacetadas da vida são essenciais para a produção da arte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *